R

 R

Boboshanti Over All World

Loading...

Escola de Jerusálem

Escola de Jerusálem
Visão da Cultura

quarta-feira, dezembro 22, 2010

Marcus Mosiah Garvey - Mãe Negra.

Marcus Garvey - Mãe Negra


Onde posso encontrar um amor que nunca muda
Sorrisos que são verdadeiros e sempre da mesma forma,
Cuida não como uma feroz tempestade que se enfurece,
Dispostos para proteger meu honrado nome?


Isto Eu acho em casa, somente com a Mãe,
Quem se importa comigo com paciente ternura;
Ela preferiria estar longe de toda dor humana
Salva-me, e bebe a escória da amargura.


Se no caminho da vida acontecer de Eu tropeçar,
Meus pensamentos devem ser verdadeiros sobre a querida Mãe,
Ela é a rocha que nunca separa-se em fendas,
O choro de seu filho, seja ele longe ou perto.


Este amor é maravilhoso e incomparável;
É um dom dado de Deus para o homem mortal;
Você, que conhece a Mãe, este pensamento tem que compartilhar,
Para ela, todos, são anjos de seu clã.

Minha Mãe é negra, mais bela de todas;
Sim, ela é tão pura como um novo amanhacer;
Sua canção de alegria é um claro chamado ritmico
Para estes braços de amor ao qual Eu nasci.

Nunca me esquecerei de você, doce Mãe,
Se na vida possa acontecer de Eu vagar;
Tu serás sempre a Chama Acesa
Para ativar meu querido pensamento para as coisas de casa.

Poema de Marcus Mosiah Garvey.

"Para as benditas coisas de casa"


Fonte de Pesquisa: Acessado em 22/12/2010 às 19.00 p.m. em: [http://jah-rastafari.com/marcus-words/show-garvey-word.asp?word_title=BlackMother].

2 comentários:

  1. Belissimas palavras de salvação do mais reto e honoravel profeta John Marcus I Selassie I Jah RastafarI
    Bendito Amor
    meu Senhor e Imperatriz

    ResponderExcluir
  2. Bendito amor Honoravel Danilo
    One God
    One Aim
    One Destiny

    ResponderExcluir

Declaração dos Direitos Universais Indigênas

Arquivos